Assembleia diz que vai economizar 30% com licitação do “cafezinho”

A Assembleia Legislativa divulgou nota afirmando que terá uma economia de 30% em relação ao preço máximo estipulado no pregão presencial realizado na manhã desta segunda-feira (20), para definir a contratação da empresa especializada para o fornecimento de café, açúcar, chá e adoçante à Casa, pelo período de um ano.

 

A afirmação é uma resposta a reportagem da RPC da semana passada que apontava que o Legislativo teria estipulado preço máximo de até R$ 10 por meio quilo de café a ser adquirido, valor que estaria acima do praticado pelo mercado.

Para ler a notpiia completa acesse o Blog Política em Debate.

 

(Fonte: Bem Paraná)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!