Após pedido de suspensão do MP, governo muda edital de licitação do Maracanã

Três dias após o Ministério Público Federal e Estadual do Rio de Janeiro pedirem o cancelamento da licitação do Maracanã, o governo do estado resolveu alterar o edital de privatização.

 

No último dia 19, a ação movida pelo MPF e MP-RJ afirmou que o edital “sonegava informações essenciais” dos possíveis licitantes e da população em geral, colocando riscos à competitividade no processo, o que facilitaria “conluio entre os potenciais interessados”. 

 

A mudança, publicada nesta sexta no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, prevê um novo período de visitas técnicas ao complexo esportivo, uma das exigências para que a empresa possa participar do processo licitatório.

 

Inicialmente, o edital previa que as visitas acontecessem entre os dias 5 e 7 de março, com agendamento prévio de dois dias úteis. Ou seja, as empresas teriam que realizar esse trâmite quatro dias após a publicação do edital. 

 

A regra para as visitas, que era apenas uma das inúmeras irregularidades apontadas pelo MPF e MP-RJ, passa agora a incluir os dias 25 e 26 de março, segunda e terça-feira da próxima semana.

 

Apesar da mudança promovida pelo Estado, como já há um pedido de liminar correndo na Justiça, a o processo para a privatização do Maracanã pode ser suspenso a qualquer momento.

 

(Fonte: ESPN)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!