Apaes da região de Maringá vão receber recursos para obras

O governador Beto Richa (PSBD) autorizou nesta terça-feira (10) licitações para obras de reparos, melhorias e ampliações em 13 Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) do Paraná – três delas na região de Maringá. O valor total das obras é de R$ 2,1 milhões. As licitações estão previstas para acontecer ainda neste mês de setembro e o início das obras deve ocorrer ainda em 2013.

As unidades beneficiadas na região são Escola Criança Esperança em Indianópolis (a 105 quilômetros de Maringá), Escola Marilandense em Marilândia do Sul (a 90 quilômetros de Maringá), Escola Doutor Osvaldo Braga em Rio Bom (a 80 quilômetros de Maringá).

As demais são Escola Raio de Luz em Andirá (Norte Pioneiro), Escola Viva Vida em Enéas Marques (Sudoeste), Apae de Formosa do Oeste (Oeste), Escola Nélci Felini em Laranjeiras do Sul (região Central), Escola União em Mariópolis (Sudoeste), Escola Luz da Manhã em Paulo Frontim (Sul), Escola Nilda Maria Tessaro em Pérola do Oeste (Sudoeste), Escola Caviúna em Rolândia (Norte), Escola Mundo da Criança em Santa Izabel do Oeste (Sudoeste) e Escola Holanda Colladel em Verê (Sudoeste).

“As Apaes e demais escolas especiais têm agora os mesmos direitos e benefícios das escolas da rede regular de educação. Isso quer dizer que vão receber obras e infraestrutura para melhorar as condições de atendimento aos alunos”, destacou o governador.

No final do mês de agosto, Richa sancionou a lei do programa Todos Iguais Pela Educação, que concede às escolas básicas de Educação Especial, mantidas pelas Apaes e outras instituições sociais, os mesmos direitos e recursos destinados às escolas públicas da rede estadual. A iniciativa é pioneira no país e transforma o auxílio em apoio permanente.

Com a lei, 413 escolas e instituições que hoje atendem 42.618 alunos de várias idades com deficiência vão receber dotação orçamentária do Estado para melhorias e adequações nas instalações físicas e pedagógicas. “É fundamental que todos, diferentes nas suas necessidades, sejam iguais no direito à educação de qualidade para desenvolver plenamente o seu potencial”, afirmou o governador.

Serão destinados R$ 436 milhões às escolas de educação especial. Os recursos servem para investimentos em pessoal, equipamentos, reformas, merenda escolar, além de ônibus para o transporte. As obras nas 13 Apaes fazem parte do programa Todos Iguais Pela Educação.

(Fonte: O diario.com)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!