Administração do aeroporto de Ribeirão Preto pode ser privatizada

 


O aeroporto Leite Lopes de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo) está entre os seis aeroportos paulistas que o Daesp estuda se poderá ceder a administração a empresas particulares, por meio de uma PPP (parceria público-privada).

Em junho, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou a concessão da administração de outros cinco aeroportos –de Campinas, Jundiaí, Bragança Paulista, Ubatuba e Itanhaém.

As audiências públicas e a licitação para a concessão dos cinco aeroportos devem ocorrer ainda neste ano. O prazo de validade para a concessão é de 30 anos.

Já sobre os outros seis aeroportos, que inclui o de Ribeirão, o Daesp informou que “a modelagem está sendo definida”. As outras cidades são: Marília, São José do Rio Preto, Araçatuba, Presidente Prudente e Bauru.

(Fonte Folha SP)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!